Um pouco de literatura francesa – PARTE 3

setembro 21, 2011 § 2 Comentários

O terceiro autor que desejo comentar hoje é talvez um de meus favoritos, pelo menos por um de seus livros; Comment Je Suis Devenu Stupide.
Martin Page, dos três, é o mais louco, absurdo e divertido. Lançado no Brasil pela Rocco – na excelente coleção Safra XXI que trouxe novos autores tanto estrangeiros quanto brasileiros – o livro Como Me Tornei Estúpido me foi recomendado por um amigo destes que odeiam a sociedade e vivem isolados em seu mundo, com poucas amizades. O alvo ideal para este livro!
A historia fala de um cara que era muito inteligente e sensível, e por causa disso mesmo profundamente infeliz. Se tornar estúpido não foi a sua primeira idéia, tentou antes o alcoolismo, o suicídio, mas não tinha muito talento para estas coisas.
A premissa é hilária, o texto também. Leiam. É um livro muito inteligente que qualquer um que já tenha lido mais de 10 livros por vontade própria provavelmente irá se identificar. (livros em série só contam 1 ponto viu? :P)

“Il acheta de beaux costumes qui feront bien rire les prochaines générations, et qui, pour l’instant, diffusaient sa supériorité sur le peuple comum qui n’a pas les moyens d’afficher un si mauvais goût avec um si naturelle ostentation”
Gostei tanto do Page que procurei outros livros e formei esta pequena coleção, com as capas ilustradas por Renaud Perrin!

Devo agradecer à Livraria Cultura por ter facilitado o acesso aos livrinhos; o primeiro foi um presente de Natal em 2008, eu havia lido a tradução antes, que demorou 2 meses para chegar, o segundo meu irmão trouxe de São Paulo em julho 2009, pois já tinha na prateleira da loja, e o terceiro comprei eu mesmo no começo deste ano, na loja de Salvador.
Falando em tradução, toda obra do Martin Page é muito bem traduzida. Ainda foram lançados o Talvez uma Historia de Amor. Ele tem uma penca de livros lançados na França, mas nem todos chegaram aqui, talvez por que…
A Gente Se Acostuma Com O Fim Do Mundo não é tão legal quando o primeiro livro, os personagens são talvez muito parecidos, a premissa não é tão legal e o livro é mais arrastado – e longo.  Ainda é um livro que vale a pena, a história sobre uma produtora de filmes é interessante. O principal defeito talvez sejam os personagens secundários – muita gente não se dá conta como eles são responsáveis pelo sucesso de uma obra, por fazer o protagonista brilhar.
E isto só piora em A Libélula Dos Seus Oito Anos, a premissa é linda, a protagonista Fio é de se apaixonar, mas todo o resto é muito apático. E quando Martin Page decide parar a câmera muito tempo sobre eles, temos um grande exemplo de personagem mal aproveitado. A primeira página é belíssima, até li em voz alta para algumas pessoas. Mas a ultima página decepciona; nada daquele fim lôkasso do …Estúpido. Ainda não tive vontade de ler outro livro do autor, e pelo visto a rocco não tem mais vontade de lançar mais nada dele.

Anúncios

Marcado:, , , , , , , , , , ,

§ 2 Respostas para Um pouco de literatura francesa – PARTE 3

  • Aline T.K.M. disse:

    Fio é uma das personagens mais cativantes com as quais já me deparei na vida! Mas, ao contrário do que você comentou no meu post, eu gostei muito de Zora também, o jeito dela de detestar tudo me chamou a atenção. Ah, sim, o final não tem nada de surreal, e me peguei desejando que não tivesse terminado daquele jeito. Mas, no geral, concluí que foi um final interessante dentro de uma visão pessimista que é inevitável.
    Quero ler as demais obras do Martin Page, realmente Como Me Tornei Estúpido deve ser genial, já ouvi comentários ótimos sobre ele, apesar de que, por outro lado, muita gente aqui no Brasil nunca ouviu falar no autor.

  • […] post rápido para falar novamente de Martin Page – ver posts anteriores. Escrevi lá atrás que o livro Como Me Tornei Estúpido era disparado o melhor livro do autor. […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento Um pouco de literatura francesa – PARTE 3 no Leonardo Bandeira.

Meta

%d blogueiros gostam disto: